Kilómetros que se cruzam com Fátima

Decidimos escrever este artigo por causa de um hábito que temos vindo a incorporar há um ano na nossa rotina.

A semana passada entrámos pela Rota Carmelita, ali bem junto da Capela de São Sebastião, perto da aldeia da Melroeira em Ourém. Fizémos este percurso em sentido Fátima – Castelos de Ourém e completámos uma etapa de 14 kms a pé. Uma caminhada feita ao cair da noite e que se revelou uma aventura.

Durante o trajecto deu para aproveitar muita coisa que a natureza nos oferece, como por exemplo, o ar saudável que podemos respirar entre terrenos com eucaliptos; saboreámos maçãs biológicas, figos e uvas. Até nos cruzámos com javalis bébés! E, menos assustador: passámos pela casa mais bonita e premiada desta localidade.
Foi muito divertido e bastante compensador.

Esta rota que parte do Carmelo de Santa Teresa em Coimbra, é um convite ao Santuário de Fátima mas é igualmente um convite a cenários de grande riqueza natural.

A aldeia é pequena mas ainda assim demos umas voltas até chegar ao topo e, claro que aproveitámos e nos deliciámos com uma ginginha fresca e diferente assim que lá chegámos. Sensação: satisfação de vida e uma verdadeira experiência gastronómica!

Estamos a escrever este artigo por causa de um hábito que temos vindo a incorporar há um ano na nossa rotina e também para vos deixar uma sugestão: sejam aventureiros e saíam da vossa zona de conforto!
Descobrem-se coisas incríveis, e que só nos fazem bem.

Além disso, deixamos a dica caso pensem passar uns dias por cá!
Tragam as pessoas que mais gostam e vivam esta rota que se cruza com os kilómetros de Fátima.

Treze | Adereços Religiosos


Posts Relacionados