JPII falou profundamente sobre a teologia dos nossos corpos.
Diz-nos que são os nossos corpos que nos dão a capacidade de nos permitirmos e experimentar a magnificência, a unidade, o êxtase e o cumprimento que a Trindade tem.

A intimidade física é uma das maiores maneiras de tocar o Divino.

Quando somos íntimos de alguém, há uma vulnerabilidade que sentimos e não conseguimos viver com mais ninguém.

Não se trata apenas de expor os nossos corpos, é expor a nossa alma e espírito também.

Fachadas, disfarces e máscaras não têm lugar aqui.

Nós tornamo-nos um presente total. Todo o nosso ser se torna presente.

É um dos dons mais sublimes que Deus nos deu.

A intimidade física ensina-nos como devemos estar com Deus: sem fachadas, sem máscaras, sem fingir.

A nossa alma e o nosso corpo não guardam segredos. Não há nada mais gratificante na vida.

Abre o teu corpo, a tua alma e espírito, e dá-lhe cor!

Esperamos que tenhas lido este #encouragingdays e que te lembres dele sempre. Todos os dias e a todas as horas.

Treze | Adereços Religiosos


Posts Relacionados